Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Televisão Digital gera clima de tensão

As principais empresas interessadas nos concursos da Televisão Digital Terrestre (TDT) continuam com dúvidas por esclarecer
2 de Abril de 2008 às 16:14

As principais empresas interessadas nos concursos da Televisão Digital Terrestre (TDT) continuam com dúvidas por esclarecer, tal como revelaram os seus representantes, durante um debate decorrido ontem, em Lisboa.

'As formas de distribuição do sinal vão aumentar (fibra óptica, satélite, banda larga, etc.) e a concorrência será muito superior. Como é que podemos garantir rentabilidade nestas condições?', questionou Luís Marques, consultor da administração da Impresa/SIC para a TDT, acrescentando que a empresa apenas estará interessada no concurso se for em consórcio. Um objectivo partilhado pela Media Capital (detentora da TVI). 'Os telespectadores ainda não foram consultados relativamente a este assunto', alertou o administrador Miguel Gil. 'Na minha opinião, os conteúdos serão os principais ‘drivers’ para impulsionar a TDT', disse.

Pedro Morais Leitão, presidente da Confederação dos Meios de Comunicação, tem consciência do 'clima de tensão' que está instalado. 'Estamos a três semanas da apresentação das candidaturas [23 de Abril] e ninguém diz o que vai fazer', afirmou, adiantando que Portugal 'não vai recuperar do atraso do concurso'.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)