Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Trabalhadores da esterelização do Hospital de Matosinhos em greve a 21 abril e fins de semana

Lusa 5 de Abril de 2016 às 15:08

Os trabalhadores do serviço de esterilização do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos (Porto), vão avançar com uma greve dia 21 de abril, porque a administração daquele hospital quer iniciar um corte no rendimento associado à participação nas cirurgias.

O Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Norte reuniu hoje com o Conselho de Administração do Hospital Pedro Hispano para discutirem a alteração do regulamento do Sistema Informático de Gestão de Inscritos para Cirurgia (SIGIC) que introduz um corte da remuneração aos assistentes operacionais que prestam serviço no Serviço de Esterilização, explicou hoje à Lusa Jorge Braga, jurista daquele sindicato, à margem do encontro.

"O Sindicato não conseguiu evitar e prosseguiu com um pré-aviso de greve, com início a 21 [de abril]; pré-aviso esse que será extensível aos sábados e domingos por tempo indeterminado e que obviamente vai custar caro ao Hospital de Matosinhos, porque há intervenções que vão ser adiadas", declarou Jorge Braga.