Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Tribunal de Évora interroga alegado separatista indiano

No âmbito do processo de extradição.
Lusa 21 de Dezembro de 2015 às 05:50
O ativista sikh Paramjeet Sing, conhecido por Pamma, foi detido num hotel no Algarve
O ativista sikh Paramjeet Sing, conhecido por Pamma, foi detido num hotel no Algarve FOTO: Direitos Reservados

O Tribunal da Relação de Évora (TRE) ouve esta segunda-feira o alegado separatista indiano Paramjeet Sing no âmbito do processo de extradição intentado pelas autoridades da Índia, que lhe imputam a autoria de homicídio e de ataques bombistas.

O ativista sikh Paramjeet Sing, conhecido por Pamma, foi detido na sexta-feira num hotel no Algarve pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ao abrigo de um mandato de detenção internacional para extradição emitido pela Interpol.

Entretanto, a organização internacional "Sikhs for Justice" designou o advogado Manuel Luís Ferreira para defender Pamma, que se encontrava em Portugal juntamente com a mulher e os filhos.

Tribunal da Relação de Évora Paramjeet Sing Índia política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)