Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Tribunal de Versalhes ordenou extradição de suspeito de ataque no Museu Judaico

Quatro pessoas morreram a 24 de maio.
26 de Junho de 2014 às 10:13

O Tribunal de Apelo de Versalhes ordenou hoje a extradição para a Bélgica do franco-argelino Mehdi Nemmouche, suspeito de matar quatro pessoas a 24 de maio passado no Museu Judaico, em Bruxelas.

O tribunal tomou a decisão com base num mandado de detenção europeu "para a acusação de assassínio em contexto terrorista", declarou o juiz, perante o suspeito, que se manteve impávido.

Mehdi Nemmouche recusou categoricamente a extradição para a Bélgica, a 05 de junho passado, antes de explicar que temia ser extraditado para aquele país e depois para Israel, de onde são originárias duas das vítimas.

"Não me oponho a uma troca, se A Bélgica se certificar que não serei extraditado para um outo país", declarou em audiência a 12 de junho.

Entretanto, o advogado de Nemmouche já avançou que o seu cliente tem a intenção de interpor recurso" contra a decisão do tribunal francês.

Tribunal de Apelo de Versalhes Bélgica franco-argelino Mehdi Nemmouche Museu Judaico
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)