Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Tribunal egípcio absolve dirigente de ONG de abusos a crianças

Lusa 16 de Abril de 2017 às 12:42

Um tribunal egípcio absolveu Aya Hijazi, cidadã com nacionalidade dupla egípcia e norte-americana, de acusações relacionadas com tráfico e abuso de crianças durante a gestão de uma fundação dedicada a ajudar meninos de rua.

Em maio de 2014, autoridades egípcias prenderam Hijazi, o seu marido e outras seis pessoas acusando-os de abusarem das crianças sob os seus cuidados e de envolvimento em tráfico de pessoas, sequestro, exploração sexual e tortura.

Grupos locais de direitos humanos defendiam que as acusações foram fabricadas como parte da repressão do Governo egípcio à sociedade civil.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)