Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Tribunal egípcio condena à morte 10 dirigentes da Irmandade Muçulmana

7 de Junho de 2014 às 11:25

Um tribunal egípcio condenou hoje à morte dez dirigentes da Irmandade Muçulmana acusados de instigar a violência na província de Qaliubiya, embora as sentenças não sejam ainda definitivas, segundo fontes judiciais contactadas pela agência noticiosa Efe.

Nesta ação são processados, além dos dez condenados, o guia da irmandade, Mohamed Badie, e outros 37 responsáveis do grupo, cujas sentenças serão lidas no próximo dia 5 de julho.

O juiz Hasan Fariq, presidente do Tribunal Penal de Shubra al Jeima, ordenou remeter os expedientes destes dez condenados ao mutfi (autoridade máxima religiosa) do Egito, Shauqui Alam.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)