Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

TRIBUNAL QUER INTERROGAR DEPUTADO

O Tribunal de Águeda solicitou hoje, formalmente, ao presidente da Assembleia da República o levantamento da imunidade parlamentar ao deputado António da Cruz Silva, para que este seja ouvido no âmbito do escândalo de corrupção que abala aquela autarquia e que já levou o edil, Castro Azevedo, a suspender o seu mandato, depois de ter sido constituído arguido.
31 de Janeiro de 2003 às 15:53
António da Cruz Silva, importante líder local do PSD, é co-proprietário da empresa Unicola, alegadamente envolvida em negócios ilícitos com a Câmara de Águeda. O deputado alegou ter tomado conhecimento do pedido de suspensão da sua imunidade através da rádio, mas garantiu que está “totalmente” disponível para prestar esclarecimentos ao tribunal.

O líder da bancada social-democrata, Guilherme Silva, confirmou hoje o que já havia dito antes, isto é, que o seu grupo parlamentar é favorável ao levantamento da imunidade parlamentar. O pedido já transitou do gabinete de Mota Amaral para a Comissão Parlamentar de Ética.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)