Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Tribunal argentino reconhece direito de orangotango Sandra a viver em liberdade

Lusa 13 de Maio de 2015 às 23:32

Uma juíza vai decidir esta semana o destino de Sandra, uma fêmea de orangotango do zoo de Buenos Aires, na Argentina, a quem o tribunal reconheceu o direito de viver em liberdade.

Sandra, de 29 anos, reconhecida como "pessoa não humana" pelo Supremo Tribunal de Justiça da capital da Argentina, não foi convidada para as audiências, mas esteve representada pelo seu advogado, Andrès Gil Dominguez.

Em dezembro, um tribunal aplicou ao animal um recurso de 'habeas corpus' (direito de não estar detido sem julgamento), considerando que, mesmo não sendo um ser humano, tem sentimentos e o direito a maior liberdade.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)