Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Tufão Hagibis obrigada à retirada de 1,6 milhões de pessoas e faz um morto no Japão

Há registo de vários danos materiais e cortes de energia a leste de Tóquio.
Lusa 12 de Outubro de 2019 às 05:33
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão
Tufão Hagibis provoca estragos no Japão

O Japão está hoje em alerta máximo devido à aproximação do tufão Hagibis, que já provocou pelo menos um morto, graves danos materiais e cortes de energia a leste de Tóquio.
 
Devido ao impacto esperado, as autoridades já recomendaram a retirada de cerca de 1,6 milhões de pessoas.

Espera-se que o tufão, classificado como "muito forte", a segunda categoria de maior intensidade da Agência Meteorológica do Japão, atinja a zona centro e leste do país esta noite, com rajadas de vento até 216 quilómetros por hora.

Horas antes de chegar à costa, provocou pelo menos um morto na região de Chiba, a leste de Tóquio, que já havia sido atingida por um tufão no mês passado.

"Um homem de 49 anos foi encontrado numa carrinha capotada. Foi enviado para o hospital, onde a sua morte foi declarada", disse à agência France-Presse (AFP) o porta-voz dos bombeiros de Ichihara, na província de Chiba.

Na mesma província, a emissora NHK dá conta de graves danos materiais e cortes de eletricidade em cerca de 30 mil casas.

As autoridades alertaram para o risco de inundações e deslizamentos de terra.

As duas maiores companhias aéreas japonesas, a ANA e a JAL, cancelaram quase todos os seus voos internacionais e domésticos de e para Tóquio, bem como os de Nagoya (central) e Osaka (ocidental).

O tufão também obrigou ao adiamento, de sábado para domingo, das qualificações para o Grande Prémio de Fórmula 1 (F1) no circuito de Suzuka.


japão tufão morte energia tóquio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)