Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Turismo mantém ligação fluvial entre Portugal e Espanha após ponte sobre Guadiana

Lusa 5 de Maio de 2018 às 05:00

A travessia fluvial na fronteira luso-espanhola entre Vila Real de Santo António e Ayamonte perdeu importância quando a ponte internacional sobre o Guadiana abriu e criou uma alternativa à travessia do rio, mas mantém-se em atividade devido ao turismo.

Quase três décadas após a abertura da ponte, em 1991, ainda é possível viajar de "ferryboat" entre as localidades fronteiriças de Vila Real de Santo António, na região portuguesa do Algarve, e de Ayamonte, na província espanhola de Huelva, como nos tempos em que essa era a única forma de passar de Portugal para a Espanha, mas hoje já não há filas de automóveis a aguardar a sua vez de entrar na embarcação e só o turismo garante o sustento da travessia.

Atualmente, não se esperam horas para entrar no "ferry" e a ligação de 15 minutos entre as margens portuguesa e espanhola do Guadiana passou a ser vista como "um passeio", disse à agência Lusa o gerente da empresa de transportes do Guadiana, Francisco Santos.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)