Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Obama diz que a Rússia tem a oportunidade de mudar

"Se o fizer, eu serei o primeiro a apoiar o levantamento das sanções", afirmou o presidente norte-americano.
Lusa 16 de Novembro de 2014 às 07:52
"Se a Rússia continuar [...] a violar o direito internacional, o isolamento vai manter-se", acrescentou Obama
'Se a Rússia continuar [...] a violar o direito internacional, o isolamento vai manter-se', acrescentou Obama FOTO: Jason Reed/Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse este domingo na cidade australiana de Brisbane que a Rússia tem a oportunidade de mudar a sua atitude na Ucrânia e acabar com o isolamento económico.

"A Rússia tem a oportunidade de seguir outro caminho [na Ucrânia]. Se o fizer, eu serei o primeiro a apoiar o levantamento das sanções", afirmou Obama, em conferência de imprensa, após o final da cimeira do G20, realizada este fim de semana.

"Se a Rússia continuar [...] a violar o direito internacional, a violar o acordo com que se comprometeu há algumas semanas, o isolamento que a Rússia conhece atualmente vai manter-se", acrescentou o presidente norte-americano.

A advertência de Obama surgiu depois de o presidente russo, Vladimir Putin, ter referido, também em Brisbane, que a imposição de sanções "prejudica todas as partes".

Putin abandonou Brisbane antes do encerramento da cimeira do G20, na qual participou e foi alvo de críticas pela ingerência de Moscovo na Ucrânia.

presidente dos Estados Unidos Barack Obama Brisbane Rússia
Ver comentários