Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

UE nega atrasos em fundos comunitários

A Comissão Europeia (CE) negou esta segunda-feira atrasos na atribuição de verbas comunitárias a Portugal, esclarecendo que ainda só foram destinados adiantamentos, dado que o processo de avaliação do sistema de controlos de fundos continua.
17 de Novembro de 2008 às 14:31

“Penso que não há qualquer atraso”, afirmou o porta-voz para a Política Regional, Dennis Abbott. “Antes de os fundos serem atribuídos para os projectos em Portugal, a Comissão tem de verificar aquilo a que chamamos a avaliação de conformidade”, afirmou o responsável, adiantando que cada Estado-membro tem em marcha mecanismos adequados de controlo “para assegurar que os dinheiros comunitários são bem eficazmente utilizados”.

Para que cada país seja reembolsado das despesas, a CE tem que dar “luz verde” à avaliação de conformidade”, e “esse processo ainda não está finalizado” no caso português, precisou Dennis Abbott.

O porta-voz acrescentou que Portugal, “tal como os restantes Estados-membros”, já recebeu “cerca de 745 milhões de euros”, para estimular o crescimento e emprego no quadro da política de coesão.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)