UE/África: Há até 700 mil migrantes a viver em campos na Líbia - Presidente da União Africana

Por Lusa|30.11.17
  • partilhe
  • 3
  • +

O presidente da Comissão da União Africana, Moussa Faki Mahamat, disse hoje que o número de pessoas a viver em campos de refugiados na Líbia, muitas vezes em "condições desumanas", pode chegar aos 700 mil.

Numa intervenção no final da cimeira entre a União Europeia e a União Africana, que hoje terminou em Abidjan, e que foi muito marcada pela questão das migrações, Mahamat disse que só num campo em Tripoli havia 3.800 migrantes a precisarem de ser retirados tão depressa quanto possível.

"E isso é só num campo", vincou o líder da União Africana, salientando que "o Governo da Líbia disse que há 42 campos", sendo que alguns destes albergam ainda mais pessoas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!