Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Um em cada 5 alunos portugueses não consegue resolver problemas do dia a dia

O quinto relatório do Programa Internacional de Avaliação de Alunos 2012 tentou perceber se os alunos conseguiam aplicar os seus conhecimentos de matemática, ciências e leitura em tarefas diárias.
1 de Abril de 2014 às 17:33

Através de um teste em que era pedido aos alunos que usassem um aparelho de música (MP3) ou uma máquina de bilhetes de comboio, para testar, pela primeira vez, a capacidade de os alunos conseguirem utilizar conhecimentos adquiridos para resolver problemas do dia-a-dia.

Os estudantes portugueses surgem em 20.ºlugar numa lista de 44 países do Programa Internacional de Avaliação de Alunos. Os resultados do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA) 2012 foram divulgados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), que apresentou um ranking com a média dos resultados obtidos pelos 85 mil alunos de 15 anos que participaram neste estudo.

Em Portugal participaram 5.772 alunos que colocaram o país em 20.º lugar, com uma pontuação de 494 pontos. A média da OCDE é de 500 pontos, uma diferença que não é considerada estatisticamente relevante.

A lista dos 44 países envolvidos é liderada pelos asiáticos: Singapura, Coreia e Japão são os países mais bem classificados (com 562, 561 e 552 pontos, respetivamente). Nos últimos lugares surgem o Uruguai (403), a Bulgária (402) e a Colômbia (399), segundo o relatório "Resolução Criativa de Problemas: As competências dos alunos para lidarem com os problemas da vida real".

Olhando para o desempenho nacional, apenas 7,4% dos jovens portugueses que participaram no estudo conseguiram resolver os problemas mais complexos, ficando abaixo da média da OCDE (11,4%).

Um em cada cinco alunos portugueses (20,6%) não conseguiu resolver as questões, tendo ficado abaixo do nível dois (numa escala de seis valores).

estudo programa internacional avaliação PISA estudantes alunos portugueses matemática dia a dia
Ver comentários