Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Um ano depois do 'boom' dos cigarros eletrónicos estima-se que só 5 mil 'vapeiam'

Lusa 17 de Novembro de 2015 às 06:51

Um ano depois do 'boom' da moda de fumar cigarros eletrónicos, que chegou a ter 300 mil 'vapeadores' em Portugal, estima-se que atualmente sejam somente cinco mil os fumadores de vapor de água, com ou sem nicotina.

Tiago Machado, que representou a Associação Portuguesa de Empresa de Cigarros Eletrónicos, entretanto desconstituída, explicou à agência Lusa que o setor sofreu um "duro revés há precisamente um ano", quando um estudo japonês indicou que os cigarros eletrónicos continham até dez vezes mais agentes cancerígenos do que o tabaco convencional.

"O setor caiu completamente com a notícia do estudo japonês, com dados falsos. Foi o princípio do fim. O 'formaldeído' [composto líquido utilizado nos cigarros eletrónicos], só afeta a saúde das pessoas quando é 'vapeado' a 900 graus e sabe-se que o cigarro eletrónico é 'vapeado' a 180/200 graus", disse Tiago Machado.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)