Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Oficiais pedem a Netanyahu esforços para paz duradoura

Os antigos oficiais superiores foram durante anos relutantes em divulgar as suas opiniões políticas.
Lusa 2 de Novembro de 2014 às 13:06
Oficiais pedem a Netanayahu para que não se escude em ameaças e que inicie um processo político
Oficiais pedem a Netanayahu para que não se escude em ameaças e que inicie um processo político FOTO: Ronen Zvulun/EPA

Mais de uma centena de generais da reserva e ex-chefes de polícia e outros organismos de segurança pediram ao primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, para que retome as negociações para uma paz duradoura na região.

Os antigos oficiais superiores, incluindo antigos chefes de 'inteligência' de Israel, foram durante anos relutantes em divulgar as suas opiniões políticas ou em participar em iniciativas semelhantes, que ciclicamente surgem da parte de intelectuais, académicos, artistas e líderes opinião.

Mas desta vez, 105 antigos 'pesos pesados' da área da segurança, de vários quadrantes, enviaram uma carta ao chefe do Governo israelita a pedir para que faça uma liderança a favor da paz e a garantir que apoiarão essa política.

Na carta, divulgada pelo jornal eletrónico Ynet, pedem a Netanayahu para que não se escude em ameaças e que inicie um processo político. Entre os subscritores estão generais reformados como o antigo chefe da Mossad (serviços secretos israelitas) Zvi Zamir, ou o general aposentado Amiram Levin.

Estão também antigos elementos do Estado-maior, como Dani Biton e Avi Mizrahi, que saíram recentemente do Exército, no qual ainda estavam aquando da operação militar em Gaza em 2008 e 2009.

"Nós, abaixo assinados, comandantes na reserva do Exército israelita e oficiais reformados da polícia, que lutamos nas campanhas militares de Israel, sabemos na primeira pessoa o preço pesado e doloroso cobrado pelas guerras", diz a carta.

Os responsáveis lembram também que lutaram na esperança de que os seus filhos pudessem viver em paz e que a triste realidade é a de que hoje os estão a enviar novamente para o campo de batalha.

Benjamin Netanyahu Israel chefe do Governo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)