Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Unicef preocupada com indicadores infantis nas províncias moçambicanas de Tete e Zambézia

7 de Junho de 2014 às 09:45

Os indicadores da situação da criança nas províncias moçambicanas da Zambézia e de Tete estão "todos no vermelho", alertou o representante da Unicef em Moçambique, Koen Vanormelingen, instando o Governo a dar mais atenção à região.

Apesar de em conjunto representarem 32% do total de nascimentos anuais registados em Moçambique - cerca de 950 mil no total -, as duas províncias da região centro mantêm-se, segundo o responsável, na cauda dos indicadores de educação e de saúde, não só porque os seus orçamentos são "tradicionalmente muito baixos", mas também por serem pior geridos.

"A Unicef tem as suas forças concentradas lá, porque tradicionalmente a região tem menos atenção do Governo, com investimentos 'per capita' muito baixos, quando comparados com o resto do país", considerou à agência Lusa Koen Vanormelingen, enfatizando que a questão "é histórica e não se deve só ao dinheiro atribuído aos orçamentos provinciais, mas também à capacidade de estes serem implementados".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)