Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Universidade de Brown afirma-se centro de estudos pessoanos e recebe espólio inédito

Lusa 30 de Janeiro de 2016 às 10:45

Cerca de dois mil documentos sobre Fernando Pessoa, encontrados num baú na África do Sul, no verão passado, que incluem poemas, cartas e até um livro, estão a ser estudados na Universidade de Brown, nos Estados Unidos.

A doação a esta instituição dos documentos, que pertenceram ao investigador britânico Hubert Jennings, especialista no escritor português, pode causar surpresa, mas já nos anos 1970 a universidade de Nova Inglaterra se começava a transformar num dos centros de estudos pessoanos mais importantes do mundo.

"Organizámos em 1977 o primeiro congresso internacional sobre Fernando Pessoa, de que resultou o primeiro livro sobre Pessoa em inglês", explicou à Lusa o professor catedrático da Universidade de Brown Onésimo Teotónio de Almeida.