Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Confrontos entre população e militares venezuelanos fazem dois feridos na fronteira com a Colômbia

Os agentes da polícia utilizaram gás lacrimogéneo contra centenas de civis.
Lusa 23 de Fevereiro de 2019 às 18:16
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia
População venezuelana enfrenta militares junto à fronteira com a Colômbia

Duas pessoas ficaram este sábado feridas numa intervenção da polícia venezuelana, que impediu a entrada de centenas de manifestantes que queriam acompanhar os camiões com ajuda humanitária da cidade colombiana de Cúcuta até à Venezuela.

Os agentes da polícia utilizaram gás lacrimogéneo contra centenas de civis, que se concentraram desde manhã cedo junto à ponte fronteiriça Simon Bolívar e que responderam com arremesso de pedras.

Este sábado é a data limite anunciada pelo autoproclamado Presidente interino venezuelano, Juan Guaidó, para a entrada no país de 14 camiões e 200 toneladas de ajuda humanitária reunida para a Venezuela.

Cúcuta Simon Bolívar Venezuela Presidente Juan Guaidó política migrações
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)