Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Venezuela: Portugal pede respeito pela legitimidade da Assembleia Nacional

Lusa 23 de Janeiro de 2019 às 22:09

O Governo de Portugal pediu hoje que seja respeitada a legitimidade da Assembleia Nacional da Venezuela e o direito à manifestação pacífica, depois de o líder do parlamento, o opositor Juan Guaidó, se ter autoproclamado Presidente interino.

"Apelamos a que não haja violência na Venezuela, que seja respeitada a legitimidade da Assembleia Nacional e que seja também respeitado o direito das pessoas a manifestarem-se pacificamente", lê-se numa mensagem divulgada na conta oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros português na rede social Twitter.

"Acompanhamos minuto a minuto a evolução da situação na Venezuela. A nossa preocupação principal é a segurança da comunidade portuguesa. Estamos também em contacto permanente com os nossos parceiros mais próximos, designadamente na União Europeia", afirma-se numa mensagem colocada minutos antes na mesma conta.