Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Venezuelanos protestaram nas ruas contra insegurança e falta de bens alimentares

Lusa 11 de Junho de 2016 às 01:43

Pelo menos uma pessoa faleceu hoje, em Caracas, durante protestos contra a falta de alimentos, num dia em que os venezuelanos saíram também às ruas para reclamar pela insegurança e pela falta de cerveja.

Os protestos começaram na autoestrada Caracas - La Guaira, que liga a capital da Venezuela ao principal aeroporto do país, por causa da insegurança, num dia em que as autoridades localizaram o cadáver de um motorista de autocarros de passageiros que tinha sido sequestrado por homens armados.

Por outro lado, em La Vega, na zona oeste de Caracas, um grupo de cidadãos tentou saquear vários estabelecimentos comerciais, situação que foi controlada pela Guarda Nacional Bolivariana (GNB, polícia militar) e Polícia Nacional Bolivariana, que dispersou os manifestantes com tiros de borracha e jatos de água.