Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Verdes levam ao parlamento iniciativa para parar barragem de Foz Tua

Partido defende tomada de posição com o "agravamento dos problemas da erosão da orla costeira".
6 de Maio de 2014 às 14:00

Os Verdes exigiram hoje a paragem imediata da barragem de Foz Tua pelos seus "impactos destruidores que se estendem pelo Alto Douro Vinhateiro", anunciando que esta semana entregarão no parlamento uma iniciativa "legislativa" para travar a empreitada.

Falando sobre o Estudo de Impacte Ambiental (EIA) sobre as linhas de alta tensão da barragem de Foz Tua, cuja consulta pública terminou na sexta-feira, Manuela Cunha afirmou que Os Verdes "não quiseram entrar nesta farsa" e optaram por apresentar uma "posição e não um parecer".

Reafirmando que o partido "não tem dúvidas" de que a barragem e as linhas de alta tensão "põem em causa o título do Alto Douro Vinhateiro", os Verdes alegarão no parlamento que "construir esta barragem é contribuir para o agravamento dos problemas da erosão da orla costeira", disse.

O EIA em causa apresenta seis alternativas para ligar à subestação de Armamar e duas alternativas para ligar um ponto mais a nascente, no concelho de Torre de Moncorvo. Os custos de cada alternativa variam entre os 8,8 e os 15,4 milhões de euros.

O licenciamento do projeto da linha só poderá ser concedido após Declaração de Impacte Ambiental (DIA) favorável ou condicionalmente favorável. A DIA deverá ser emitida até ao dia 03 de julho.

política Os Verdes parlamento Foz Tua Estudo de Impacte Ambiental
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)