Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Violência de género e processos contra jornalistas em Timor-Leste - Amnistia

Lusa 22 de Fevereiro de 2017 às 00:01

Processos contra dois jornalistas, elevado índice de violência de género e uso excessivo de força, tortura e maus-tratos pelas forças de segurança são as principiais violações de direitos humanos em Timor-Leste, segundo o relatório da Amnistia Internacional divulgado hoje.

"Continua a haver preocupações sobre alegações do uso desnecessário ou excessivo da força, tortura e outros maus-tratos pelas forças de segurança, bem como uma falta de responsabilização", refere o relatório anual da Amnistia Internacional (AI).

O relatório sobre o estado mundial dos direitos, aponta o dedo a várias nações da Ásia - incluindo Timor-Leste - onde a "tortura e outros maus-tratos continuam a ser ferramentas usadas para visar defensores de direitos humanos e grupos marginalizados".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)