Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Vitória portuguesa chega na compensação

Depois do empate a zero com a Grécia, a seleção nacional consegue a sua primeira vitória em jogos de preparação para o Mundial do Brasil... mas só na compensação.
7 de Junho de 2014 às 03:20
O equilíbrio entre as equipas foi uma constante, como demonstram o mexicano Hector Moreno e o português Éder neste confronto aéreo
O equilíbrio entre as equipas foi uma constante, como demonstram o mexicano Hector Moreno e o português Éder neste confronto aéreo FOTO: Brian Snyder/Reuters

Bruno Alves desferiu um potente cabeceamento aos 90+2' para inaugurar o marcador no Gillette Stadium,na cidade norte-americana de Boston, que permitiu a seleção portuguesa derrotar o México no segundo encontro de preparação para o Mundial 2014 do Brasil.

Num jogo muito equilibrado, com ambas as equipas a superiorizarem-se em diferentes fases do encontro, Portugal chegou ao intervalo a lamentar as hipóteses desperdiçadas no final da primeira parte por parte de Éder. O avançado do Braga jogou sozinho na frente e, por três vezes, poderia ter celebrado o golo não fosse ora a má pontaria ora o guarda-redes Corona.

Na segunda parte os portugueses ainda pressionaram, mas foi o México quem conseguiu ficar por cima do encontro. Por várias vezes Eduardo, que esta noite jogou como titular, teve de mostrar serviço diante dos remates de longa distância dos médios mexicanos e arrisca ser o melhor em campo com uma enorme intervenção diante de Chicharito, que aos 88' surgiu isolado e com tudo para fazer o golo.

Quando os adeptos já esperavam mais um nulo, após o empate a zero registado há uma semana entre a seleção nacional e a Grécia, celebrou-se.

Ditam as regras desta modalidade que 'quem não marca, sofre' e por isso Portugal não tardou a fazer o único golo do jogo. Após uma falta a meio do meio-campo do México, João Moutinho bateu o livre que levou a bola até junto da marca de grande penalidade, onde surgiu um enorme Bruno Alves a desviar o esférico para o fundo das redes de Ochoa - que substituiu Corona ao intervalo -, com um cabeceamento sem hipóteses de defesa.

No encontro que permitiu a Portugal fazer o seu primeiro golo nestes jogos rumo ao Mundial, Paulo Bento utilizou a defesa que deverá jogar como titular, com a exceção do central Neto que substituiu o lesionado Pepe, à frente de Eduardo. O meio campo esteve entregue a Miguel Veloso, João Moutinho e André Almeida, este último a trocar várias vezes de posição com Fábio Coentrão no flanco esquerdo. O ataque seteve servido nas alas por Nani e Vieirinha, que tiveram de municiar o solitário Éder, que muito trabalhou em todo o jogo antes de ser substituído por um Hélder Postiga que voltou a mostrar que não está na sua plena forma física.

Portugal México jogo Bruno Alves Mundial Brasil
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)