Barra Cofina

O ‘bunker’ espanhol de José Eduardo dos Santos

Ex-presidente de Angola vive em Barcelona numa casa que vale 6 milhões de euros. As saídas de casa praticamente não acontecem depois de ter rebentado o escândalo do "Luanda Leaks".

Ex-presidente de Angola vive em Barcelona numa casa que vale 6 milhões de euros. As saídas de casa praticamente não acontecem depois de ter rebentado o escândalo do "Luanda Leaks".

O ex-presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, mudou-se em permanência para uma mansão no exclusivo e caro bairro de Pedralbes, em Barcelona, em 2019, ano em que se viu pressionado a sair do país africano na sequência da eleição de João Lourenço para a presidência angolana.

Na casa, para além da mulher, Ana Paula dos Santos, o ex-presidente Angolano rodeia-se de uma comitiva que inclui governanta, mordomo e ainda vários guarda-costas que asseguram a segurança da vistosa moradia. A casa conta com um complexo sistema de videovigilância e sensores que impedem a entrada de qualquer intruso.

O CM sabe que José Eduardo dos Santos já terá alugado a mesma habitação durante 10 meses em 2013. Na altura, o aluguer custou mais de 10 mil euros por mês. A estadia facilmente ultrapassou os 100 mil euros. Na altura, o pai de Isabel dos Santos era ainda presidente de Angola e deslocava-se frequentemente a Barcelona para fazer tratamentos oncológicos numa prestigiada clínica da cidade.

José Eduardo dos Santos já terá alugado esta habitação durante 10 meses em 2013. Na altura, o aluguer custou mais de 10 mil euros por mês. A estadia facilmente ultrapassou os 100 mil euros. Na altura, Eduardo dos Santos era ainda presidente de Angola e deslocava-se frequentemente a Barcelona para fazer tratamentos oncológicos numa prestigiada clínica da cidade localizada junto ao bairro onde acabaria por comprar a mansão.

A casa está construída num dos mais valiosos terrenos com vista aérea sobre Barcelona. Tem mais de 1400 metros quadrados. A mansão é composta por 4 pisos que, em conjunto, têm mais de 1000 metros quadrados. Só a garagem tem 300 metros quadrados e a piscina outros 50.

O ex-proprietário da casa foi Jordi Pujol Ferrosola, detido em 2017 por suspeitas de ter desviado mais de 30 milhões de euros. É o filho mais velho de Jordi Pujol, ex-presidente da Generalitat.

Texto Nuno de Sousa Moreira
Imagens Marcos García/ El Confidencial, CMTV, Google e DR


Produção Liliana Gonçalves

Webdesign Edgar Lorga
Produção multimédia Sandro Martins