Barra Cofina

Correio da Manhã

Comunicados de Imprensa
1

DECO PROTESTE e Continente juntam-se para a criação do Dia Nacional da Sustentabilidade

Nos dias 25, 26 e 27 de setembro podemos saber mais sobre sustentabilidade numa acção DECO PROTESTE e Continente
25 de Setembro de 2020 às 11:12
Entre os dias 25 e 27 de setembro, a DECO PROTESTE e o Continente juntam-se para sensibilizar os portugueses sobre a importância de tomarmos, no dia-a-dia, opções sustentáveis.

Por todo o País, as lojas Continente vão receber a Organização de Defesa do Consumidor com várias dicas práticas para a mudança comportamental e incentivo à participação na criação do Dia Nacional da Sustentabilidade.

"Embora não seja ainda possível oficializar o dia 25 de setembro - proposto como o Dia Nacional da Sustentabilidade -, junto de todos os parceiros, associados e consumidores, aproveitámos esta oportunidade para assinalar a data e alertar os portugueses, de forma objetiva, sobre o panorama atual e a urgência de práticas mais sustentáveis", revela Bruno Santos, da DECO PROTESTE. Esta iniciativa com o Continente resulta de uma "feliz parceria entre duas organizações que se preocupam com o futuro e que acreditam veemente que cada um de nós pode contribuir para a mudança urgente em prol do Planeta Terra."

A partir das 15h00 de dia 25 de setembro e até às 19h00 do dia 27, as lojas da Amadora, Évora, Loulé, Maia Jardim, S. João da Madeira, Santarém, Viana do Castelo e Viseu vão unir esforços para sensibilizar os portugueses relativamente a alguns dos comportamentos mais comuns e que comprometem o ambiente, deixando dicas acerca do que poderão passar a fazer para se tornarem mais sustentáveis e ao mesmo tempo pouparem. Desde "a diminuição da utilização de sacos, as soluções para diminuir o desperdício alimentar e energético, a DECO PROTESTE e o Continente partilham novos hábitos que poderão fazer a diferença no amanhã" desvenda Bruno Santos, da DECO PROTESTE.

Para apelar para esta causa e sensibilizar os portugueses - privados e empresas – para a necessária mudança comportamental, a DECO PROTESTE entregou em abril deste ano, na Assembleia da República (AR), a proposta de criação do Dia Nacional da Sustentabilidade, aguardando-se agora pelo agendamento da discussão do tema em plenário, pelo que, tal como refere Bruno Santos, da DECO PROTESTE, "é agora fundamental que os consumidores se juntem a nós para conseguirmos o reconhecimento deste dia pela Assembleia da República".

A Organização de Defesa do Consumidor escolheu o dia 25 de setembro para assinalar o Dia Nacional da Sustentabilidade como homenagem à data em que foram oficializados, pela ONU, os 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável.
Pedro Lago, Diretor de Projetos de Sustentabilidade e Economia Circular da Sonae MC acrescenta que "a sustentabilidade é trabalhada no Continente todos os dias, mas a existência de um dia nacional reforça a responsabilidade coletiva. É por isso que somos a primeira cadeia de retalho em Portugal a querermos associar-nos a este dia".

Sobre a DECO PROTESTE
A DECO PROTESTE é uma das principais organizações de defesa do consumidor, que desenvolve campanhas, estudos, pareceres técnicos e jurídicos, com o objetivo de prestar a melhor informação ao consumidor e reivindicar os seus direitos em Portugal e nas organizações internacionais onde se encontra inserida. Faz parte do grupo internacional Euroconsumers, que congrega várias organizações de defesa do consumidor em Espanha, Bélgica, Itália e Brasil
Sobre o Continente
O Continente é a marca de retalho alimentar da Sonae MC. Com 35 anos de existência, foi a primeira cadeia de hipermercados a instalar-se em Portugal e conta atualmente com mais de 300 lojas. As linhas de ação da cadeia são a orientação para o consumidor, os preços baixos, uma forte dinâmica promocional, a qualidade dos produtos, sem esquecer a sustentabilidade como um pilar da sua atividade. Temas como a alimentação saudável, o apoio à comunidade, o combate ao desperdício alimentar e a economia circular têm estado no centro da sua atuação nos últimos anos. Atualmente, já alcançou uma poupança anual de mais de 4,2 mil toneladas de plástico virgem nas embalagens e produtos de marca própria; foi o primeiro retalhista nacional a assinar o New Plastics Economy - Global Commitment da fundação Ellen MacArthur; em 2019, recuperou o equivalente a 12M € em excedentes alimentares, com doações a mais de 1.000 instituições de apoio social e a animais e distribuição pelos colaboradores; entre muitas outras iniciativas.
 
Ver comentários