Barra Cofina

Correio da Manhã

Comunicados de Imprensa
4

Feira Nacional do Mirtilo em Sever do Vouga

O fruto da saúde volta a ser a estrela do evento marcado para o próximo fim-de-semana.
20 de Junho de 2022 às 16:58
A Feira Nacional do Mirtilo está de volta e vai realizar-se entre os dias 24 e 26 de junho no Parque Urbano de Sever do Vouga, naquela que será a sua 14ª edição. "Após uma fase crítica da pandemia, esperamos recuperar a pujança de outros anos deste certame, fazendo jus à nossa marca: Sever do Vouga – Capital do Mirtilo", afirma o presidente da autarquia, Pedro Amadeu Lobo.
"Estamos a falar de um evento que dinamiza a economia local e projeta a nossa terra", sublinha, salientando que "a autarquia, dentro das suas possibilidades, vai continuar a apoiar com o objetivo de consolidar uma iniciativa que há muito ganhou o seu espaço".
Para o autarca, o atual executivo camarário tem "um carinho muito especial pelas atividades ligadas à terra, nas suas diversas culturas, estando previstas algumas novidades nesta área".
A Feira Nacional do Mirtilo manterá, naturalmente, o conceito, com as primeiras de muitas novidades que a organização pretende implementar nos próximos anos.  O formato do certame vai sofrer, contudo, algumas alterações, destacando-se uma zona específica para espetáculos.
Haverá um espaço para provas do rei dos antioxidantes, que serve para divulgar e dar a conhecer as diferentes variedades produzidas no nosso território. Por outro lado, irá ser colocada fruta em fresco - com uma e embalagem própria - em todos os restaurantes do concelho.
O certame continua a ter um forte impacto na sociedade e na economia do concelho. Durante os dias do evento, os estabelecimentos de restauração de Sever do Vouga ficam sobrelotados, tal como os alojamentos que registam ocupações quase de 100 por cento.
Os produtores são os primeiros a reconhecer a importância de uma iniciativa deste tipo, sendo uma oportunidade também para escoarem parte da sua produção, fazerem novos negócios e partilhares conhecimento com os os "stakeholders" do setor.
"O concelho de Sever do Vouga é pioneiro na produção de mirtilo. Vive, agora,  um período de atualização e de adaptação à nova realidade produtiva, com o surgimento de novas variedades e a implementação de novas técnicas de produção", refere Pedro Amadeu Lobo. "Neste contexto, aproveitamos para divulgar o fórum de discussão sobre o ‘rei dos antioxidantes’, a decorrer precisamente em Sever do Vouga - o Encontro Nacional de Produtores de Mirtilo, marcado para os dias 28 e 29 de outubro deste ano", acrescenta o edil.

João Pedro Pais e Augusto Canário abrilhantam certame
São esperados na Feira Nacional do Mirtilo dezenas de expositores, entre eles empresas ligadas à fileira, produtores e comercializadores, viveiristas e stands que mostram o que se pode fazer com o mirtilo, como compotas, licores, chás, infusões, bolos, tartes, gelados, entre outros produtos.
O programa do evento prevê três dias de intensa atividade, com entrada gratuita e onde o rei dos antioxidantes – uma vez mais – tem a sua festa anual. Períodos de apanha do mirtilo no Campo Experimental de Pequenos Frutos, "showcookings", espaços para os mais novos, animação de rua, música e muitas surpresas fazem parte do cartaz.
Os concertos noturnos de João Pedro Pais (sábado) e Augusto Canário (domingo) são outros dos atrativos do certame em 2022 que decorre num espaço de excelência ao ar livre bastante agradável da vila de Sever do Vouga. Mais informações e programa completo aqui: https://www.feiradomirtilo.pt
 
 
Ver comentários
}