Barra Cofina

Correio da Manhã

Comunicados de Imprensa
2

LA Aluminios-Credibom-Marcos Car Equipa portuguesa mais jovem

A única equipa 100% Portuguesa nesta Volta a Portugal
16 de Agosto de 2022 às 14:53
A única equipa 100% Portuguesa nesta Volta a Portugal apresenta-se com uma visão diferente das restantes formações. Apostada em atletas mais jovens está empenhada em criar uma ligação entre o escalão de Sub23 e o profissionalismo, trabalhando estes jovens de modo que se possam tornar num futuro próximo nas estrelas do pelotão nacional.

De entre as formações portuguesas é a equipa que apresenta uma menor média de idades, de 22 anos, sendo o atleta mais experiente da equipa é André Ramalho que aos 26 anos já pode ser considerado o "veterano" da equipa. O mais jovem com apenas 20 anos é João Macedo que já se evidenciou tendo andado largos quilómetros escapado na primeira etapa desta edição da Volta a Portugal.

Gonçalo Leaça é a par de André Ramalho o ciclista com maior experiência dentro da formação do Seixal e com apenas 25 anos já participa na sua 5ª Volta a Portugal, tendo já finalizado por várias vezes em top 10 de etapas, inclusivamente em 2º lugar na edição de 2022, é cada vez mais um ciclista consolidado dentro do pelotão nacional.

Rodrigo Caixas ex-campeão europeu de pista, na disciplina de Scratch e que já esta época venceu a camisola da Montanha na Volta ao Alentejo é outro dos valores que se vem a evidenciar na equipa e que já disputa várias classificações secundárias do calendário velocipédico português.

João Medeiros, João Macedo, Francisco Marques e Ruben Simão são ouros jovens talentos que estão a ser trabalhados e que a curto prazo darão boas indicações no panorama do ciclismo nacional.

Ainda fora da Volta a Portugal a equipa tem um ciclista a representar a Seleção de Pista na Alemanha. Diogo Narciso finalizou em 5º lugar no campeonato europeu de pista, na corrida por pontos. O vice-campeão da europa de pontos no escalão de sub23, tem apresentado uma evolução enorme tanto na estrada como na pista.

A continuidade da equipa baseia-se na vontade dos seus parceiros, quererem continuar a apostar na formação de jovens e na sua evolução dentro da estrutura, procurando um equilíbrio entre o desenvolvimento saudável de um jovem ciclista e os resultados desportivos.

Hernâni Brôco acrescentou que "É uma equipa jovem e que procura sempre dar o seu melhor e retirar o melhor dos seus recursos. Os nossos jovens têm apresentado uma evolução bastante positiva e tenho a certeza de que se continuarem a apresentar esta evolução em breve podem discutir corridas com as principais figuras da Volta a Portugal"

A aposta da LA Aluminios-Credibom-Marcos Car em jovens ciclistas portugueses, cria uma janela de oportunidade para muitos que sonham um dia vir-se a tornar ciclistas profissionais e é nesse desejo que assenta a visão desta equipa.
Ver comentários