Barra Cofina

Correio da Manhã

Comunicados de Imprensa
1

O AQUI, espetáculo e oficina de dança inclusiva no Centro Cultural Malaposta

Dois dias de espetáculo de dança e uma oficina, uma colaboração da CiM – Companhia de Dança
28 de Novembro de 2019 às 15:25
DANÇA: O AQUI
O AQUI é um espetáculo de dança com uma narrativa por vezes fluida, por vezes fragmentada, onde se encontram mundos com diferentes circunstâncias de ser e de estar, onde confluem o risco e o afeto, o arrojo e a generosidade e se conquista um espaço de igualdade.

O AQUI procura curto-circuitar modulações e encenações que a sociedade produz em torno das (d)eficiências, abrindo caminho a superfícies luminosas em que o tempo leva ao infinito a relação entre a espontaneidade da realidade e a construção de uma nova.

Dez anos decorridos de uma primeira iteração deste conceito, com alguns bailarinos a revisitar este tempo d’O AQUI e outros a juntar-se ao desafio, podemos mesmo afirmar que O AQUI é um espetáculo de uma década.

O tempo que passou pode até ser relativizado e construído numericamente, mas existe uma carga emocional de quem viu crescer um corpo coletivo feito de cumplicidades, obstáculos ultrapassados, limites superados, surpresas gloriosas e uma celebração humanista continuada.

A CiM – Companhia de Dança, criada em 2007, tem vindo a promover uma abordagem pioneira da criação artística face à inclusão, através da dança e da imagem. A CiM procura a diversidade de caminhos e um constante enriquecimento através de experiências, onde a multidisciplinaridade surge como impulso de novos métodos de trabalho e de exploração artística.
Desenvolve um trabalho regular de formação e sensibilização em torno das relações entre dança, (d)eficiência e integração, trabalhando a criatividade, a cooperação e a comunicação, tendo em vista a incorporação de ideias sobre autonomia, diversidade, capacidade, limite e mudanças de paradigma.

Com um repertório constituído por doze espetáculos – apresentados em território nacional em mais de vinte e nove cidades e, internacionalmente, em doze países distintos, com a participação de uma centena de artistas com e sem deficiência – e com uma forte componente de formação (promoveu cerca de quarenta oficinas, com mais de dois mil participantes e promove projetos como o Geração SOMA, que trabalha com crianças com e sem Necessidades Educativas Especiais), o percurso da CiM, referenciado e já diversas vezes premiado, é longo e recompensador, de grandes conquistas, partilhadas com mais de duzentos mil espectadores.

DEZ 21 e 22
SÁB - 21H00
DOM - 16H00
AUDITÓRIO CC MALAPOSTA
5€ a 10€ | DESCONTOS APLICÁVEIS
Desconto Cartão Fnac: Na compra de 1 bilhete de adulto, o bilhete de criança será 2€
60 MINUTOS
M/6
Mais informações aqui

OFICINA DE DANÇA INCLUSIVA de CiM – Companhia de Dança
Esta oficina procura explorar diferentes metodologias da dança contemporânea, através da prática de técnicas que configuram o movimento como extensão do corpo, e desenvolvem a consciência do mesmo por parte de cada participante.
A oficina pretende estimular o relacionamento interpessoal entre os participantes, fortalecendo a relação corpo/sentidos através de uma abordagem aos conceitos base da improvisação, assente em experiências de comunicação através do movimento partilhadas entre todos, sendo o corpo o principal instrumento de observação e trabalho.
Pretende-se criar um espaço de pesquisa, de uma linguagem de movimento comum aos participantes, de perceção e integração das potencialidades de cada um, no sentido de trabalhar sobre os limites do corpo como inspiração para a criação.

DEZ 21
SÁB - 16H30 às 18H30
BLACK BOX CC MALAPOSTA
DURAÇÃO: 2 HORAS
Aberto à comunidade e em especial às famílias
Mais informações aqui

Sobre o Centro Cultural Malaposta
No âmbito do Concurso Público para a Concessão da Gestão e Exploração do Centro Cultural Malaposta, a Minutos Redondos - Manuela Jorge e Joana Ferreira -, estão a desenvolver o projeto artístico apresentado à Câmara Municipal de Odivelas, desde março de 2019.
Duas produtoras e gestoras de projetos culturais aliam a experiência adquirida ao longo da sua carreira, lançando-se neste desafio num espaço que possui uma multiplicidade de valências.
Da equipa nuclear da Minutos Redondos fazem parte Manuela Jorge e Joana Ferreira (Direção Artística, de Produção e de Gestão), Daniela Sampaio (Assistente de Direção e Produção Executiva), João Cachulo e João Chicó (Contrapeso - Direção Técnica).
Com 5 salas - Auditório, Sala Experimental, Blackbox, Café-Teatro e Sala de Cinema - queremos que este seja um lugar partilhado por todos os artistas, mas sobretudo pelo público, que encontrará uma oferta cultural eclética e diversificada.
Em termos programáticos, optámos pela realização de Ciclos mensais, onde existirá um tema predominante, sendo que abril foi o mês da Dança, maio o mês da Língua Portuguesa, junho o da Criança, julho o mês das Curtas, setembro o do Recomeço, outubro o mês da Música, novembro o mês do Cinema e, finalmente, dezembro o mês da Inclusão.
O Centro Cultural Malaposta é e continuará a ser um espaço municipal que tem como missão servir as suas populações, cumprindo assim um serviço público de cultura. Este é o pilar orientador de toda a gestão e programação que tentaremos seguir ao longo da nossa permanência neste espaço.
2019 é um ano de experimentação, um ano de conhecimento dos públicos, de estabelecimento de contactos e parcerias e de lançamento de desafios à comunidade artística e à comunidade residente no Concelho de Odivelas.
Mais informações:
www.malaposta.pt
https://www.facebook.com/ccmalaposta/
https://www.instagram.com/ccmalaposta/
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)