Barra Cofina

Correio da Manhã

Comunicados de Imprensa
5

Para ajudar nos esforços de segurança informática devido à crise do COVID-19.

FortifyData oferece às empresas o uso gratuito de sua plataforma de gestão de riscos informáticos
24 de Março de 2020 às 14:47

A empresa americana FortifyData presente em Portugal vai oferecer às empresas o uso gratuito de 30 dias de sua plataforma de gestão de riscos de segurança informática, para ajudar as empresas e organizações de qualquer dimensão a proteger-se do aumento exponencial de riscos que mudança abruta para o sistema de home office acarreta, devido à pandemia de COVID-19.

Como os trabalhadores de todo o mundo tiveram de mudar repentinamente de paradigma,  — passando de presença física para digital —  no sentido de reduzir a disseminação do COVID-19, muitos departamentos de Informática, TI e Risco estão a adaptar os seus sistemas para facilitar os recursos remotos de trabalho mantendo as obrigações de segurança nos processos.

"Durante esse período sem precedentes, é nosso dever ajudar as organizações a manter uma postura de segurança informática de baixo risco. Muitos não estão adequadamente configurados para atender uma força de trabalho remota em números tão grandes ou tão rapidamente quanto agora é necessário", disse Bob Morrell, CEO da FortifyData. "É fundamental que façamos o que pudermos como empresa para oferecer assistência, especialmente quando existem tantos ciber criminosos explorando esta situação de calamidade."

Para José Manuel Diogo, o representante da empresa no Brasil "cuidar da segurança da infraestrutura digital também é uma questão de saúde pública" pela primeira vez todos os habitantes do planeta enfrentam o mesmo problema ao mesmo tempo e são precisamente as comunicações digitais que nos estão separando do caos — imagina que a internet não é segura ou fica à mercê de terroristas.

O uso gratuito da Plataforma Fortifydata beneficiará as organizações que procuram proteger seus sistemas de "críticos" durante este período em que as ameaças são mais proeminentes.

A plataforma de gestão de risco da FortifyData, fornece detalhes e ações necessárias para ameaças, vulnerabilidades e níveis de risco específicos de sistemas e aplicativos e também garante a gestão efetiva desse risco através de uma quantificação dos riscos informáticos que permite priorizar os recursos financeiros (sempre limitados) que os departamentos de TI / Segurança normalmente têm.

Além de avaliações contínuas da integridade dos sistemas de tecnologia, a plataforma, agora gratuita, também oferece fácil colaboração com recursos internos e de terceiros para ajudar a tomar ações imediatas para diminuir qualquer risco.

 Os interessados em aprender mais sobre a plataforma de gestão de riscos cibernéticos FortifyData podem-se inscrever para um webinar gratuito de 30 minutos realizado na próxima sexta-feira, 27 de março, às 13h de Atlanta US, (17h em Lisboa), projetado para apresentar a plataforma e seus benefícios a organizações de qualquer dimensão. As empresas podem registrar-se em https://go.fortifydata.com/webinarregistration.

Aqueles que desejam se inscrever diretamente para o acesso de 30 dias podem fazê-lo em https://go.fortifydata.com/free30days.

Sobre A FortifyData

Fundada em 2015, a FortifyData está comprometida em proteger empresas de todos os tamanhos contra as ameaças do crime informático. Fundada por especialistas em segurança informática que viveram na linha de frente dos ataques cibernéticos, o FortifyData analisa as ameaças da segurança cibernética de forma multidimensional. Isso significa avaliar todos os aspectos de sua postura cibernética, incluindo terceiros, tecnologia, processos e pessoal - e fazê-lo continuamente. Mais informações em www.fortifydata.com .

A Fortifydata está presente em Portugal desde 2019, tem sede em Atlanta, Estados Unidos da América, atua globalmente e tem representantes no Brasil, Holanda, Catar, Chile e México. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)