Barra Cofina

Correio da Manhã

Comunicados de Imprensa
1

Vigilância dentro dos relacionamentos

Uma em cada dez mulheres espia o companheiro
2 de Agosto de 2017 às 18:21
No mundo digital há diversas aplicações e sites para conhecermos pessoas novas mesmo que tenhamos companheiro ou um relacionamento estável. Foram pesquisados mil casais e concluiu-se que as mulheres controlam os comportamentos dos companheiros quando desconfiam de infidelidade.
Os homens têm a longa e negra reputação de trair as mulheres, namoradas e companheiras mesmo quando vivem um relacionamento satisfatório com elas. Mas nos dias de hoje, com todas as aplicações, sites e redes sociais disponíveis nos computadores e smarphones, e ainda com a incontornável emancipação feminina no mundo ocidental, a facilidade com que se trai ou namorisca é enorme, para ambos os sexos, comparativamente à realidade de há 15 ou 20 anos. Neste campo o site SecondLove foi inovador direcionando-se a pessoas que estão num relacionamento mas querem encontrar outras para terem um affair, um caso online ou um romance prolongado. Quando foi lançado em Portugal em 2011, a adesão dos portugueses foi tão volumosa que ao final de 2 meses o site já registava 12 mil inscritos.

Com o aumento de métodos que facilitam o encontro e a sedução online, também aumentam as desconfianças e ferramentas que permitem vigiarmos a nossa mulher ou o nosso marido quando desconfiamos de infidelidade. Segundo um recente estudo feito a 1000 casais pela One Poll, a maior empresa de pesquisa de mercado no reino Unido, uma em cada dez mulheres vigia as ações do companheiro no mundo digital através de métodos variados. E em Portugal como será? Quantos homens e mulheres vigiam os parceiros com suspeita de infidelidade?
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)