Portugal Saudável

A Conferência Portugal Saudável juntou diversos setores para debater o Futuro dos Sistemas Alimentares
16.04.19
  • partilhe
  • 0
  • +
Trabalhar em conjunto para criar uma sociedade mais saudável e sustentável. Eis a conclusão basilar da 4ª edição da Conferência Portugal Saudável, uma iniciativa promovida pela Missão Continente, que juntou figuras relevantes da academia, da política, da saúde, do retalho e da comunicação para enriquecerem o debate público sobre sistemas de alimentação sustentáveis, capazes de conciliar saúde, ambiente e economia.

A abrir a Conferência, o Adjunto da Secretária de Estado da Saúde, Guilherme Duarte, fez questão de destacar algumas iniciativas do Ministério da Saúde para a promoção da alimentação saudável tais como a Estratégia Integrada para a Promoção da Alimentação Saudável (que envolve sete ministérios) e o Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável.

Os dois projetos põem em prática o princípio europeu "Saúde em todas as políticas" que, na visão de Guilherme Duarte significa "uma abordagem intersectorial para a formulação de caminhos conjuntos, na qual os decisores e parceiros tomam em consideração, de forma sistemática, todas as implicações na saúde, procurando sinergias, mas também procurando evitar impactos negativos na mesma."
De seguida, Corinna Hawkes, Diretora do Centre for Food Policy da Universidade de Londres, destacou a possibilidade de co-benefícios para todos os atores envolvidos nos sistemas alimentares. No entender da académica britânica, tais metas podem ser atingidas não só através da colaboração entre governos e setores, bem como mediante a adoção de uma moldura legislativa incentivadora.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!