Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

100 anos de Joel Pina celebrados no São Luiz

Mais antigo músico do fado vai atuar na festa de homenagem que se realiza esta quinta-feira.
Duarte Faria 23 de Setembro de 2020 às 08:36
100 anos de Joel Pina celebrados no São Luiz
100 anos de Joel Pina celebrados no São Luiz FOTO: direitos reservados
Sete meses depois de ter completado um século de vida, o guitarrista Joel Pina é publicamente homenageado esta quinta-feira com um espetáculo no Teatro São Luiz, em Lisboa, às 21h00, promovido pelo Museu do Fado. O concerto juntará fadistas de várias gerações, que vão prestar tributo ao mais antigo músico do fado, que também vai participar na festa - isto apesar de, em maio último, ter sido operado ao colo do fémur. Está recuperado.

O concerto, que se realiza na Sala Luís Miguel Cintra, terá a duração de duas horas e, devido às medidas de segurança por causa da Covid-19, está limitado a 372 pessoas. Mas ainda há bilhetes à venda, entre os 13 e os 17 euros. A direção musical está entregue a Pedro Castro.

Figura central da história do fado, Joel Pina nasceu no mesmo ano de Amália Rodrigues, que acompanhou em palco durante 29 anos. Músico e professor, introduziu a viola baixo no fado. António Parreira descreveu-o como “o melhor baixista português de todos os tempos”. Maria Teresa de Noronha, Tony de Matos, Fernando Maurício, Teresa Tarouca, Cristina Branco, Joana Amendoeira e muitos outros tiveram-no ao seu lado. Ainda este ano, a história da sua vida vai dar origem a um livro.


saiba mais
17
de fevereiro de 1920 foi a data de nascimento de Joel Pina, embora só tenha sido registado dois dias depois. É do Rosmaninhal, Idanha-a-Nova.

Mais de 300 discos
Viajou um pouco por todo o Mundo, com os grandes nomes do fado, e gravou mais de três centenas de discos. Continua a subir ao palco com João Braga.

Centenário de Amália
O espetáculo estava previsto para março mas foi adiado devido à pandemia. Realiza-se agora no âmbito das celebrações do centenário de Amália.
Lisboa Joel Pina Teatro São Luiz Museu do Fado Amália Rodrigues artes cultura e entretenimento música
Ver comentários