Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

2003 ANO RAZOÁVEL NO CINEMA

O ano de 2003 foi apenas “razoável” no que respeita à frequência das salas de cinema em Portugal. A afirmação é do administrador da Castello Lopes Multimédia, e foi proferida ontem em conferência de imprensa.
19 de Dezembro de 2003 às 00:00
No entanto, de acordo com aquele responsável, “começámos com ‘Die Another Day – Morre Noutro Dia’, que foi um sucesso de bilheteira e fechámos o ano com ‘O Regresso do Rei’. Abrimos com chave de ouro e fechamos com chave de platina”, acrescentou.
Convocada para o anúncio da transferência das estreias cinematográficas de sexta para quinta-feira, o encontro serviu também para os distribuidores revelarem as suas expectativas para o próximo ano. Assim, e ainda de acordo com José Manuel-Castello Lopes, os distribuidores esperam 20 milhões de espectadores em 2004, o mesmo valor registado em 2002. Na ocasião, os distribuidores fizeram também um balanço da actividade em Portugal, que conheceu os seus “anos d’ouro” no final da década de 70, altura em que passaram pelas bilheteiras cerca de 42 milhões de espectadores.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)