Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

25 mil estão no Boom Festival

Até 11 de agosto a população do concelho de Idanha-a-Nova vai triplicar. O motivo é a realização da 10ª edição do Boom Festival, que vai concentrar na Herdade da Granja mais de 25 mil festivaleiros, oriundos de 151 países de todos os continentes.

6 de Agosto de 2014 às 14:30
Boom Festival
Boom Festival FOTO: Edgar Martins

O recinto abriu segunda-feira, e ainda que a GNR tenha organizado um sistema de ‘pré-parque’ para estacionamento de viaturas antes da entrada no festival, a fila de carros chegou a atingir os dez quilómetros. Nada que desanimasse os festivaleiros porque, dizem, “já foi pior”.

“Já cheguei a estar oito horas à espera para entrar”, diz ao CM Samuel, que desde 2002 não perde uma edição do Boom. “Tem um espírito diferente de outros festivais e muitas atividades que vão para além da música”, afirma o jovem que de dois em dois anos troca o mar do Algarve pela albufeira da Barragem Marechal Carmona.

Mas há quem venha de muito mais longe, como Flávia e Júnior, que atravessaram o Atlântico vindos de São Paulo.

“No Brasil toda a gente fala bem do Boom e quisemos vir experimentar. É um evento com diversidade cultural e preocupação com o ambiente e com as questões sociais que não se vê em mais nenhum festival”.

O Boom é dirigido aos amantes da música eletrónica mas a organização aposta também na promoção de diversas formas de expressão artística e no crescimento sustentável. Para além de uma semana de concertos e raves em tendas gigantes, os visitantes dispõem de dezenas de workshops e a possibilidade de criar as suas próprias atividades.

O bilhete para o evento custa 166 euros e dá acesso às quatro áreas musicais diferentes.

Música Festival Boom Idanha-a-Nova
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)