Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

A CHEGADA DOS 'HERÓIS'

Cerca de 100 mil pessoas aglomeraram-se nas ruas de Wellington, capital da Nova Zelândia, para receber, quais heróis, o realizador e o elenco da trilogia 'O Senhor do Anéis' para a antestreia mundial do terceiro filme da saga, 'O Regresso do Rei'.
2 de Dezembro de 2003 às 00:00
 Billy Boyd (Pippin), Dominic Monaghan (Merry), Liv Tyler (Arwen), Elijah Wood (Frodo), Sean Astin (Sam) e 'Sir' Ian McKellen (Gandalf)
Billy Boyd (Pippin), Dominic Monaghan (Merry), Liv Tyler (Arwen), Elijah Wood (Frodo), Sean Astin (Sam) e 'Sir' Ian McKellen (Gandalf) FOTO: Simon Baker/reuters
Qual general vitorioso liderando o seu exército, o cineasta Peter Jackson, as vedetas dos filmes da série e a primeira-ministro neo-zelandesa Helen Clark, percorreram as ruas da cidade numa extensão de cinco quilómetros, escoltados por homens vestidos com armaduras e montando cavalos negros, e aplaudidos pela multidão em delírio.
Debaixo de uma chuva de 'confetti', as vedetas avançaram depois através do tapete vermelho colocado à porta do teatro onde o filme (que se estreia este mês em todo o Mundo) foi projectado.
"Sinto-me incrivelmente humilde perante esta maravilhosa recepção. E muito orgulhoso", declarou Jackson. Deveras impressionado, o realizador disse ainda que a adulação de que todos foram alvo, fez com que se sentissem como se fossem "os primeiros a pisar a Lua, ou qualquer coisa do género".
FINAL DA JORNADA
Baseados na trilogia épica 'O Senhor dos Anéis', de J.R.R. Tolkien, os filmes foram integralmente rodados na Nova Zelândia, país natal de Peter Jackson.
Os dois primeiros, 'A Irmandade do Anel' e 'As Duas Torres', renderam até à data 1,8 mil milhões de dólares (cerca de 1,5 mil milhões de euros) em receitas de bilheteira a nível mundial transformando-se em dois dos filmes mais rentáveis da história do cinema. O terceiro espera-se que seja o mais rentável de todos.
Para Michael Lynne, da produtora New Line Cinema, a estreia da película representa o "final de uma jornada que começou há seis anos. Conseguimos algo verdadeiramente sem precedentes", disse o responsável, designando Jackson o padrinho criativo da trilogia.
Na esperança de ver, nem que fosse de relance, caras conhecidas como Liv Tyler, 'Sir' Ian McKellen, Orlando Bloom, Elijah Wood ou Vigo Mortensen, fãs oriundos de todo o planeta gastaram milhares de dólares para viajar até Wellington e assistir, em primeira mão, a 'O Regresso do Rei'. Como Kim Ong, uma jovem de Singapura: "Vi o primeiro filme, que é maravilhoso. Desde então que espero ansiosamente por esta antestreia", confessou.
Para aguçar ainda mais o já grande apetite dos fãs, Peter Jackson garantiu que 'O Regresso do Rei' - que dura 3h11 - é o melhor da trilogia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)