Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

À espera de 30 mil na Bela Vista

Cerca de 30 mil pessoas são hoje esperadas a partir das 15h00 no Parque da Bela Vista para aquele que é considerado o maior evento de música de dança do ano em Portugal: o Creamfields. Sob o conceito das “experiências” – no sentido de experimentar novas emoções –, o público poderá seguir, entre bandas e DJ, cerca de 50 actuações espalhadas por sete palcos. A festa prolonga-se até que o Sol nasça.
19 de Maio de 2007 às 00:00
O palco principal concentrará as atenções da maioria do público
O palco principal concentrará as atenções da maioria do público FOTO: João Cortesão
Até ao fecho da edição estavam vendidos perto de 27 mil bilhetes para o evento que a organização vende como o maior festival de música de dança do mundo, mas espera-se que a aquisição de bilhetes no próprio dia leve a atingir a meta incialmente estabelecida: 30 mil pessoas.
Ontem, ao fim da tarde, a azáfama era grande entre a equipa de produção constituída por elementos de várias nacionalidades. Ultimavam-se os detalhes no interior das estruturas especialmente concebidas para o efeito. A imagem contrastava com duas dezenas de reformados que jogavam às cartas sob a sombra das árvores de um perímetro reservado para os habituais frequentadores daquele espaço. Amanhã, o jogo terá de ser deslocado para o exterior do Parque da Bela Vista.
Na sua maioria insufláveis, as diferentes estruturas incorporam elementos que permitem ao público “experimentar” para lá da simples audição da música que ecoará no recinto. Vistas a nú, garantem um design moderno e apelativo. Mas será à noite, com os seus diferentes jogos de luzes, que irão ganhar maior dinâmica e interesse.
Em alguns casos, como o do Kubik, as luzes corresponderão à velocidade e intensidade dos ‘beats’ lançados desde o sistema de som. Noutros, como na Luminária – um labirinto fechado, sem DJ mas com música ambiente –, imperará o aleatório. Ali, garante a produção, cada visita será uma experiência nova e irrepetível.
Estranha será a experiência de dançar com auscultadores. Dois DJ estarão nos pratos e o público pode optar por sintonizar um ou outro.
Experiências há, no entanto, com carácter exclusivo, como o Dinner in the Sky. Para os restantes, há a possibilidade de subir aos céus no Aerodrome. Os balões gigantes insuflados a hélio são capazes de o elevar a cerca de 30 metros de altura.
Se prefere ter os pés bem assentes no chão, pode alterar o seu visual, factor sempre importante nas festas nocturnas. As actrizes Benedita Pereira e Joana Solnado dar-lhe-ão as boas-vindas na Styling Zone.
Com sete milhões de euros investidos no evento, a organização do Creamfields já pensa em regressar a Portugal. O acordo não está fechado, mas bem encaminhado. O objectivo passa por alternar a realização deste festival com o Rock in Rio.
As origens deste festival remontam a 1998, ano em que Liverpool acolheu a primeira edição, com o objectivo de organizar uma grande festa de encerramento do Verão. A cidade do Norte de Inglaterra, aliás, recebe este evento anualmente.
O ano de 2001 assistiu à internacionalização do evento que, desde então, já passou pela Argentina, Espanha, Turquia, Rússia, Brasil, Polónia, Irlanda, México, Chile e República Checa. Chegou a hora de Portugal.
RECINTO COM ONZE LOCAIS PARA COMER
No recinto, com 200 mil metros quadrados, existem onze locais de restauração. São seis bares, dois restaurantes de ‘fast-food’ e três espaços dos já tradicionais ‘Psicológicos’.
SEGURANÇA TIDA EM CONSIDERAÇÃO
Para que tudo corra em ambiente de festa no Parque da Bela Vista, estarão presentes 300 pessoas entre polícias, bombeiros e INEM. O recinto conta também com um hospital de campanha.
A DANÇAR NA ILHA ARTIFICIAL
La Isla faz lembrar os cenários da MTV, onde homens e mulheres exibem os seus dotes em pistas de dança com ambientes exóticos. As palmeiras artificiais oferecem a sombra essencial num recinto onde, a confirmar-se o bom tempo, será propício a alguns escaldões. Mas a piscina serve um propósito meramente estético. Mergulhar é expressamente proibido, por mais que o mercúrio dos termómetros suba.
Alguns dos nomes grandes deste festival, como os dois David – Morales e Guetta – vão ter aqui a sua residência A ilha abre às 15h00.
JANTAR PARA QUEM NÃO TEM VERTIGENS
São várias as alternativas criativas à disposição dos visitantes do Creamfileds mas uma, em especial, destaque-se pela ousadia e originalidade. A 30 metros de altura, suportado por cabos de uma grua, um restaurante inédito em Lisboa vai servir 22 refeições para os privilegiados. Claro está, a experiência gastronómica - sob o rótulo Coca-cola dinner in the sky’ - está envolta nas necessárias medidas de segurança: as cadeiras terão cintos como os dos automóveis de grande competição para prenderem os convivas deste jantar especial.
Uma refeição única, segura e de vistas deslumbrantes sobre o recinto. Só para quem não tem vertigens…
DISCOTECA NA ESFERA
Um dos espaços mais interessantes do recinto é esta discoteca, o único palco fechado, de forma a conter o som no interior. O formato em esfera serve a projecção de imagens. Transparente, permite também a visualização do espectáculo desde fora.
TRANSPORTES E ACESSOS
COMO IR
CARRIS
Carreira 794 – Santos – Estação do Oriente: das 05h25 às 00h45
Carreira 10 – Praça do Chile – ISEL: das 05h40 às 21h30
Carreira 208 – Estação do Oriente – Cais do Sodré: das 23h30 às 04h30
METRO
Linha vermelha – Estação Bela Vista: das 06h30 às 01h00.
CP
Linhas de Sintra e da Azambuja – Estação Roma/Areeiro e Oriente (com ligação ao Metro): 06h38 às 01h21.
TÁXIS
Reforço de serviço de táxis na zona envolvente do Parque da Bela Vista.
SUGESTÃO: adquirir os bilhetes de ida e volta dos transportes públicos para evitar grandes filas, em especial no Metro.
ACESSOS
Cortes de vias na zona circundante ao evento:
- Av. Dr. Arlindo Vicente desde as 13h00 até às 08h00 de amanhã;
- Av. José Régio (apenas sentido ascendente mantendo-se sentido descendente) desde as 08h00 até às 08h00 de amanhã, excepto transportes públicos;
- Av. Marechal António Spínola (prolongamento da Av. EUA incluindo rotunda Bela Vista e respectivos acessos) desde as 14h00 até às 06h00, excepto carreira 49 Carris;
- Av. Sto. Condestável – encerramento habitual devido à Feira do Relógio entre as 06h00 e as 17h00 de amanhã. A Polícia Municipal vai acautelar eventuais estacionamentos abusivos antes do período acima referido
BILHETEIRAS
Para quem ainda quiser adquirir bilhete (50 euros hoje) poderá fazê-lo numa das 3 bilheteiras situadas na rotunda da Bela Vista.
Funcionamento: entre as 09h00 e as 5h00.
Ver comentários