Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

A influência do vinho no quotidiano

O Museu do Vinho da Bairrada (Anadia) acolhe até 30 de Novembro três exposições inspiradas na influência do vinho no quotidiano humano com desenhos, esculturas, pinturas, fotografias e instalações de João Cutileiro, Abílio Febra e Francisco Pedro.
2 de Julho de 2007 às 00:00
Escultura de Abílio Febra
Escultura de Abílio Febra FOTO: direitos reservados
Sob o título ‘Baquianas’, João Cutileiro mostra um conjunto de esculturas e desenhos a tinta da china em que a figura feminina assume relevo, explorando a relação do vinho com o imaginário, fonte de vida e de prazer.
Já a proposta de Abílio Febra, ‘Da Pedra ao Vinho’, enfatiza, em 22 esculturas, 19 desenhos e três telas de grande dimensão, a energia e a simbologia do diálogo entre a Terra e o Homem, o primitivo e o contemporâneo.
Por último, o jornalista Francisco Pedro apresenta, na colecção ‘Branco ou Tinto?’, 30 fotografias das últimas tabernas em actividade, que preservam passados e aliam a riqueza da linguagem artística a significado documental.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)