Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Adiafa regressam com álbum O Vagar

'O Vagar’ é o nome do novo álbum dos Adiafa, grupo de música popular alentejana conhecido pelo mega-sucesso ‘As Meninas da Ribeira do Sado’. Depois de mais de dois anos sem editar, a banda de Beja passou os últimos meses em estúdio a gravar o seu terceiro CD em que o tema central é “o vagar, para bem e para o mal”, conforme adiantou ao CM José Emídio, um dos elementos.
6 de Março de 2007 às 00:00
Os Adiafa conheceram o sucesso em 2003 com o tema 'As Meninas da Ribeira do Sado' retirado do álbum ‘Adiafa’
Os Adiafa conheceram o sucesso em 2003 com o tema 'As Meninas da Ribeira do Sado' retirado do álbum ‘Adiafa’ FOTO: Natália Ferraz
Ainda sem uma data de lançamento, ‘O Vagar’ tem vindo a ser promovido através da actuação do grupo em programas de televisão, em que os temas ‘Canta a Rola, Pia o Cuco’, ‘Alma Al’ e ‘Blusão Alentejano’ surgem destacados. “Este última faixa é uma mistura de blues com a moda alentejana”, explicou José Emídio, recusando-se a comentar a possibilidade de algum dia um outro tema dos Adiafa poder vir a igualar o sucesso alcançado com ‘As Meninas da Ribeira do Sado’.
“O futuro ninguém conhece, mas o sucesso que essa música teve não irá condicionar, de forma alguma, o nosso modo de estar no meio musical. Não estamos, como nunca estivemos, à procura de enriquecer com a música popular alentejana, daí que essa questão nem se coloca dentro do grupo. Se tal suceder, óptimo, mas não fazemos disso um cavalo-de-batalha”, avisou.
Com um total de 12 temas, metade dos quais originais, o novo álbum dos Adiafa aposta igualmente na recolha e interpretação do cante baixo-alentejano e na recuperação do seu instrumento tradicional, a viola campaniça. “Queremos, desta forma, manter vivas as nossas raízes, apesar de todos os temas recuperados terem um cunho muito nosso”, acrescentou o músico.
Este álbum irá recuperar a original imagem de marca do grupo, com um conjunto de temas de “forte componente rural tal como sucedeu no nosso primeiro álbum”, conforme referiu Luís Espinho, outro dos elemento do grupo.
Os Adiafa formaram-se em 1998, ano em que editaram o álbum de estreia, ‘Adiafa’, que incluía ‘As Meninas da Ribeira do Sado’, que se transformou no maior êxito da banda em 2003. No ano seguinte, gravaram ‘Tá o Balho Armado’, “um trabalho com um som mais urbano”, na explicação de Luís Espinho, que contou com a participação de nomes bem conhecidos da música nacional como Rui Veloso, Paulo de Carvalho, Zé Salgueiro e Gaiteiros de Lisboa.
Agora com o “vagarómetro” (“máquina que mede o nosso vagar, ou seja, a nossa forma de estar na vida, com qualidade”) ligado, os Adiafa preparam nova ronda pelos palcos nacionais, sem pressa, apurando um trabalho “que se quer de ‘Reserva’, tal como os nossos vinhos”. O primeiro concerto é para saborear já no próximo sábado, em Torre de Moncorvo.
"GRUPO JÁ NAVEGA NA INTERNET"
Os Adiafa renderam-se aos benefícios da internet, criando um sítio no ciberespaço (www.adiafa.com) recheado de dados, imagens e músicas, e onde também não faltam alguns dos termos mais genuínos da linguagem popular alentejana. José Emídio, Paulo Colaço, Luís Espinho, João Paulo Sousa e António Caturra, apostam assim nas novas tecnologias para se promoverem, aproveitando da melhor forma todas as potencialidades da rede. Ou seja, “está o balho armado na net”.
Os fãs podem, desta forma, entrar em contacto directo com o grupo, conhecer a agenda ou apenas ouvir os maiores êxitos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)