Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Ainda há heróis

Há músicos que, por mais voltas que dêem à sua carreira, jamais conseguirão descolar do passado. Mark Knopfler é um destes heróis e, não fosse o facto de estar ligado aos Dire Straits, provavelmente hoje os seus concertos não despertariam tanto interesse. Como se provou sexta-feira, no Pavilhão Atlântico de Lisboa.
3 de Abril de 2005 às 00:00
Mark Knopfler regressou a palcos lusos e saciou a sede nostálgica do público
Mark Knopfler regressou a palcos lusos e saciou a sede nostálgica do público FOTO: Tiago Sousa Dias
Consciente do peso que o seu legado ainda desperta, no regresso a palcos a portugueses Knopfler passou ao lado do novo álbum e foi com as canções dos Dire Straits que conseguiu levar ao rubro os cerca de dez mil fãs que quase lotaram o local.
Na verdade, de ‘Shangri--La’ (o novo disco) Knopfler apenas interpretou três temas, dois dos quais – ‘Song for Sonny Liston’ e ‘Donegan’s Gone’ – servidos de seguida naquela que foi a fase mais íntima (e bonita) do concerto. Na plateia, porém, a resposta foi de fuga em direcção aos bares.
Apesar do alheamento da populaça, foi, todavia, neste período que o ex-Dire Straits mostrou que ‘ainda mexe’. Sentado e bebericando chá, Knopfler e acólitos – juntos na boca de cena, como se de uma banda de pub se tratasse – destilaram folk, blues, country, bluegrass..., numa sequência iniciada com ‘Bonaparte’ e concluída com ‘Rudiger’.
Mas não era a paixão de Knopfler pelas raízes que os fãs queriam escutar. Antes ainda da entrada no pub, a reacção a temas como ‘Walk Of Life’, ‘Romeo And Juliet’ e ‘Sultans Of Swing’ não deixava dúvidas: os Dire Straits mandavam no espectáculo. A sua sombra pairava no Atlântico e Knopfler saciou a sede nostálgica, alinhando uma sequência final em crescendo com alguns dos clássicos da sua ex-banda: ‘Telegraph Road’, ‘Brothers in Arms’, ‘Money For Nothing’ e ‘Local Hero’ (a encerrar os dois encores) foram sorvidos em êxtase por um público que só então pôde desfrutar do som ao seu melhor nível.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)