Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Air da nova música francesa no Coliseu

Há quem se lembre deles pelas bandas sonoras dos filmes de Sofia Coppola ou pela leveza moderna que conseguiram imprimir nas suas canções, próximas do chill-out e do trip-hop. Quem esteve no anterior concerto em Lisboa, há três anos, também não se esquece dos Air, dupla francesa que sobe hoje ao palco do Coliseu dos Recreios, a partir das 21h00.
16 de Janeiro de 2010 às 00:30
Dupla francesa regressa a Lisboa
Dupla francesa regressa a Lisboa FOTO: d.r.

Na bagagem, Jean-Benoît Dunckel e Nicolas Godin trazem as canções do novo disco ‘Love 2’, interessante mudança de direcção depois das críticas algo desconfiadas dos álbuns ‘Talkie Walkie’ (2004) e ‘Pocket Symphony’ (2007).

Agora é tempo de evitar dispersões desnecessárias e abraçar a sofisticação, algo comprovado com o primeiro single retirado do último trabalho, ‘Do the Joy’, mais áspero do que o costume na carreira do grupo cujo nome se compõe das iniciais de “Amor”, “Imaginação” e “Sonho” (“Rêve” em francês).

Além dos temas mais recentes, espera-se que a dupla recorra aos teclados e a uma vontade em experimentar a música electrónica para lembrar músicas como ‘Kelly Watch the Stars”, “Sexy Boy” ou o suave “All I Need”, que conta em disco com a voz de Beth Hirsch, todos célebres do álbum de estreia ‘Moon Safari’ (1998).

Depois de se conhecerem num projecto anterior, chamado Orange, por intermédio de Alex Gopher que abraçou carreira de DJ, a dupla que deu um novo ar à música francesa conseguiu o êxito ao ver o primeiro trabalho a ser reeditado pela Virgin.

O culto consolidou-se com a presença nas bandas sonoras dos filmes ‘As Virgens Suicidas’ ou ‘O Amor é um Lugar Estranho’ e colaborações com Neneh Cherry, Depeche Mode e Nigel Godrich, produtor dos Radiohead.

Embora estejam com uma postura mais pop, os Air mantêm a legião de fãs mundial, com a digressão que passa agora por Lisboa a estender-se nos próximos tempos pelos EUA, Japão, China, Austrália e África do Sul.

A primeira parte do concerto desta noite é assegurada pela escritora e cantora francesa George Pringle, que vem promover o primeiro álbum de originais, ‘Salon des Refusés’.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)