Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Albino Moura na Galeria Artela

Albino Moura inaugurou ontem a sua mais recente exposição individual de pintura na Galeria Artela, em Lisboa, onde permanecerá até ao dia 30 de Janeiro de 2007.
26 de Novembro de 2006 às 00:00
Meninas, assim é a figura feminina segundo o artista
Meninas, assim é a figura feminina segundo o artista FOTO: d.r.
Trata-se de uma sequência de trabalhos em óleo sobre tela de pequena dimensão e onde todas as meninas que lhe dão corpo parecem ter asas, isto a fazer fé na nota de apresentação do catálogo, a cargo da escritora Maria Rosa Colaço. “Albino Moura é um poeta da pintura. Nas suas telas, o elemento feminino transmuta-se em seres que habitam uma terra onde o espaço e o sonho são bem mais fortes do que as realidades do quotidiano. Por isso, estas mulheres, estas crianças, têm braços que são asas e lembram, também, anjos caídos a quem a condição terrena não impede o voo”, consta do catálogo.
Albino Moura dispensa apresentações, por isso apenas se recorda que nasceu em Lisboa no ano de 1940 e antes se ser artista foi muitas outras coisas, a saber, publicitário, gráfico, ilustrador...
Da colaboração com Fred Kradolfer, com quem trabalhou em decoração, pintura e cerâmica, resultou uma mudança de rota de que viria a resultar pintor de mão cheia. A confirmar, desde ontem e por todo o o mês de Janeiro próximo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)