Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Algumas verdades de Santarém

Na capital do Ribatejo, após alguns anos de letargia, por falta de critério de uns quantos, à Monumental Celestino Graça foi feita justiça, devido ao edil Moita Flores ter investigado e descoberto o mistério, repondo-lhe as enchentes. Os adormecidos já acordaram, interessados no fruto, só sendo de lamentar que depressa tenham esquecido o triunfo do toureio a pé em 2007. Mas importa realçar a obra de Moita Flores. Agora, até os que se lhe opuseram e ameaçaram com tribunais vão à Monumental aproveitar o seu acertado labor a favor de Santarém e da Festa de Toiros!

11 de Junho de 2008 às 00:30
Algumas verdades de Santarém
Algumas verdades de Santarém

Em Lisboa, uma animalesca providência cautelar surtiu efeito e foi proibida a transmissão directa da Corrida TV, que teve lugar em Santarém. Decisão desastrada. O assunto seguirá em tribunais, com a RTP a receber já inúmeros apoios dos mais diversos quadrantes. Um precedente inqualificável a todos os títulos, que o País tradicional, cultural e taurino não pode permitir. A tauromaquia não semeia a violência humana, nem perturba os jovens. Outros, sim, o fazem as 24 horas do dia.

No sábado volta a Santarém mais uma Corrida do Correio da Manhã. Em 2007, foi a maior das enchentes e a melhor das corridas da Feira. Oxalá se repita o êxito total!

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)