Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

AMÁLIA RESSUSCITA

Um dos mais emblemáticos trabalhos de Amália Rodrigues, o disco conhecido pelo “Busto”, vai ser (re)editado no mercado nacional na próxima sexta-feira. Uma pertinente reedição, que recupera ainda outras gravações da “diva do fado”.
14 de Dezembro de 2002 às 00:00
Esta é, de facto, uma edição de luxo. Um documento histórico melhorado e acrescentado e que faz luz sobre a revolução operada por Amália, quando decidiu gravar alguns dos maiores poetas de então – David Mourão-Ferreira, Luís Macedo e Pedro Homem de Mello. Tudo (ou quase) musicado pela “alma danada” Alain Oulman, um pianista e intelectual, meio luso meio gaulês, que Amália conheceu num acampamento no Lizandro.

A verdade é que “O Busto” – como ficou conhecido devido à capa” – assinalou uma revolução no fado. Compostas ao piano por Oulman, os novos fados foram baptizados de “as Óperas” pelos guitarristas que acompanharam Amália nas gravações realizadas no velho Teatro Taborda. Uma reacção ao carácter “sofisticado” das composições.

Além dos nove fados da edição original – um LP britânico, em mono –, a nova edição surge acompanhada ainda de um outro disco de Amália, este nunca editado em Portugal: “Amália - For Your Delight”. Neste segundo CD será possível ainda encontrar três extras, dois dos quais inéditos (ver caixa). Um terceiro CD inclui ainda três ensaios, com Amália moldando os fados sobre trechos de piano tocado por Oulman, e uma entrevista de Henrique Mendes realizada em 1962 em casa de Amália e na qual participaram ainda David Mourão--Ferreira e Alain Oulman.

ALINHAMENTO DE 'AS ÓPERAS'

Disco 1 (”Busto”) - “Asas Fechadas”, “Cais de Outrora”, “Estranha Forma de Vida”, “Maria Lisboa”, “Madrugada de Alfama”, “Abandono”, “Aves Agoirentas”, “Povo Que Lavas no Rio”, “Vagamundo”.

Disco 2 (”For Your Delight”) - “Vida Enganada”, “Acho Inúteis as Palavras”, “Algemas”, “Rasga o Passado”, “Caminhos de Deus”, “Espelho Quebrado”, “Assim Nasceu Este Fado”, “Eu Queria Cantar-te um Fado”, “Na Ruado Silêncio”, “Dura Memória” (extra), “Espelho Quebrado” (versão inédita), “Eu Queria Cantar-te um Fado” (versão inédita).

Disco 3 (”As Óperas”) - Ensaios com Alain Oulman ao piano: “Abandono”, “Espelho Quebrado”, “Maria Lisboa”.

Entrevista de Henrique Mendes.
Ver comentários