Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

ANDRÉ GAGO ENCENA ANOUILH

André Gago está neste momento em ensaios da sua próxima encenação. O actor que o público tão bem conhece da televisão vai dirigir “A Orquestra”, uma peça de Jean Anouilh, para o TAS – Teatro de Animação de Setúbal.
12 de Março de 2003 às 00:00
O espectáculo, que tem estreia marcada para 10 e 11 de Abril, no Teatro de Bolso daquela cidade, contará com interpretações do elenco residente do TAS, que desde a morte do carismático Carlos César está sob a direcção de Duarte Vítor.

Esta é a primeira vez que André Gago trabalha com a companhia de Setúbal, e o director explica que a ocasião era a ideal. “Há muito tempo que queríamos trabalhar com o André, e era agora ou nunca. Este texto tem o tipo de humor negro que ele já provou dominar noutras produções, por isso convidámo-lo a dirigir o espectáculo.”

Em “A Orquestra”, o público vai deparar-se com seis mulheres, membros de uma orquestra feminina, que discutem sem parar, revelando pelo discurso aquilo que são as suas preocupações, as suas expectativas, as suas ambições e desejos.

Recorde-se que autor francês Jean Anouilh (1910-1987) é conhecido entre nós sobretudo graças a peças como “Antígona” ou “Becket ou a Honra de Deus”, onde coloca os protagonistas em conflito directo com as leis de Estado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)