Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

André Sardet lança filme de "projecto arriscado"

Depois da digressão de 'Mundo de Cartão', André Sardet lança o DVD com o filme do espectáculo infantil que percorreu o País. Em declarações ao CM, o músico diz que investir num projecto infantil foi "um risco".
17 de Novembro de 2009 às 17:40
André Sardet
André Sardet FOTO: d.r.

Gravado no Theatro Circo de Braga, um espaço que "fascinou" André Sardet, 'Mundo de Cartão' obrigou a "deslocar para a cidade dos arcebispos cerca de 70 pessoas".

Segundo o músico, este foi um projecto especial: "Encarei-o sempre como o ‘Alka Seltzer’ da minha carreira, porque eu vinha do ‘Acústico’, que gerou oito discos de Platina (160 mil discos vendidos), 140 concertos, 170 mil downloads... Foi um dos maiores sucessos da música portuguesa dos últimos anos. E o ‘Mundo de Cartão’ foi quase como um começar de novo. Tive de desconstruir a forma de compor e encarar a forma ao vivo de uma outra maneira, porque neste caso não era um concerto do André Sardet, era um espectáculo."

Apesar de "não alimentar grandes expectativas", 'Mundo de Cartão chegou à dupla platina (40 mil unidades) e os espectáculos esgotaram em todo o País. Um risco acrescido, segundo o músico. "Foi arriscado porque, caso a mensagem não passasse, poderia ficar a ideia de que agora eu era um compositor para crianças."

Essa é uma ideia que pretende afastar. "Aqui lida-se com o imaginário, é um lado muito pessoal que tem a ver com a paternidade. mas nesta altura não tenho nenhuma perspectiva de voltar a compor algo deste género. A minha ideia é voltar à linha de carreira e preparar o sucessor do ‘Acústico’."

Para já, adiantou, "há algumas ideias e orientações", mas a data de lançamento não está ainda definida. "Não tenho ainda tantas canções assim", frisou.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)