Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Anita Guerreiro homenageada em Lisboa

Fadista celebra 60 anos de carreira.
2 de Novembro de 2014 às 08:48
Anita Guerreiro também já desfilou nas Marchas de Lisboa
Anita Guerreiro também já desfilou nas Marchas de Lisboa FOTO: Pedro Catarino

A fadista Anita Guerreiro, de 77 anos, criadora de êxitos como 'Cheira bem, cheira a Lisboa', é homenageada na segunda-feira num espetáculo no Teatro Municipal S. Luiz, em Lisboa, por ocasião dos 60 anos de carreira.

Em declarações à Lusa, a fadista afirmou-se "sensibilizada" com a iniciativa do produtor José Carlos Español, e considerou que teve a sorte de "iniciar a carreira numa altura de "grande criatividade, não só em Portugal como no mundo, com excelentes autores e músicos que faziam esses grandes êxitos".

Anita Guerreiro recordou as muitas digressões que tem feito e não esquece "as muitas vezes" em que atuou "em cima de uma camioneta, com dois focos e mais nada, nem microfones, nem quaisquer condições acústicas".

Referindo-se à homenagem, afirmou: "É um sinal que o público ainda se lembra de mim", acrescentando que deve à televisão a popularidade que hoje tem junto "de uma faixa mais nova".

"Quanto à noite de homenagem vou cantar, faço-o todos os dias, ainda não sei bem o quê, mas claro não podem faltar aqueles números em que o público sempre me acompanha como 'Cheira bem, cheira a Lisboa' e 'É festa é festa'", adiantou.

No espetáculo do São Luiz, entre outros, participam António Rocha, fadista com quem Anita Guerreiro canta diariamente na casa típica Arcadas do Faia, em Lisboa, e ainda Maria Amélia Proença, com mais de 50 anos de carreira, Maria José Valério, Deolinda de Jesus, João Casanova, Maria Mendes, Ana, Ana Carolina e Fernando Correia Marques.

Anita Guerreiro Lisboa Teatro Municipal S. Luiz fadista
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)