Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Aos 40 anos Rocky atinge mil milhões

'Creed', que atualmente está nos cinemas, é o sétimo de Rocky.
Hugo Real 10 de Janeiro de 2016 às 20:40
Aos 40 anos Rocky atinge mil milhões

Quarenta anos depois da estreia de ‘Rocky’, a personagem que catapultou Sylvester Stallone para a fama está novamente nos cinemas. E, ao sétimo filme, o ‘Italian Stallion’ ultrapassou os mil milhões de dólares em receitas de bilheteira.

‘Creed’ mostra Rocky como treinador de Adonis Johnson (Michael B. Jordan), que nunca conheceu o pai, Apollo Creed, falecido antes de ele ter nascido. Para quem conhece a saga, Apollo foi o campeão do Mundo de pesos pesados que deu uma oportunidade a Rocky, num filme que marcou gerações.

Em 1976, Stallone era um desconhecido mas, com ‘Rocky’, que protagonizou e escreveu, foi nomeado para os Óscares, Globos de Ouro e Bafta, sempre nas categorias de melhor ator e melhor argumento original. Não venceu nenhuma estatueta dourada, mas quatro décadas depois, no primeiro dos filmes de Rocky em que não assinou o argumento, voltou a ser nomeado para os Globos, agora na categoria de melhor secundário.

Em termos de bilheteira, há 40 anos o primeiro ‘Rocky’ ultrapassou os 117 milhões de dólares de receitas (os dados dos primeiros três filmes dizem apenas respeito ao mercado norte- -americano), um megassucesso que se repetiu em três das quatro sequelas até 1990. Após uma paragem de 16 anos, Stallone voltou com ‘Rocky Balboa’ em 2006. As críticas não foram as melhores e a personagem parecia ter feito a última aparição. Mas ‘Creed’ está a agradar ao público e já ultrapassou a fasquia dos 100 milhões de dólares (fez mais de 107 milhões de euros), o que significa que Rocky ainda poderá regressar aos ringues nos próximos anos.n