Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

ARTE E OFÍCIO NA ARENA

Quinta-feira, Parque do Tejo, onze da noite. “Eh pá, fui ao circo. Yá. Bué excelente, mesmo!”, dizia um rapaz de 20 e poucos anos, ao telemóvel. Tinha acabado de sair da tenda que a companhia Festina Lente, da criadora Francesca Lattuada, montou perto do Parque das Nações e onde está a apresentar - só até esta noite - “A Tribo Iota”, espectáculo de novo-circo destinado a deixar pais e filhos encantados.
5 de Julho de 2002 às 22:06
Os ingredientes são simples: aqui não há animais nem palhaços, há “apenas” pessoas que, à força de treino, conseguem transcender em muito as capacidades habituais do corpo humano. Há, também, uma grande noção de espectáculo, de integração das várias componentes espectaculares. Tudo é coreografado ao milímetro, como na dança e tudo é encenado cuidadosamente, como numa produção teatral. A música é interpretada ao vivo, como num concerto, e, tal como no cinema, é usada para criar ambientes: ritmos frenéticos para excitar o público ou lentos e insinuantes para criar suspense.

PERSONAGENS BIZARRAS

Evocando inclusivamente trabalhos de Pina Bausch ou dos DV-8, “A Tribo Iota” aparece-nos ainda como uma miscelânea de referências a universos de outros criadores. No entanto, como diz a outra, isso agora não interessa nada. Este espectáculo não foi feito a pensar no público conhecedor. Foi feito para toda a gente.

E todos somos capazes de reconhecer, em três acrobatas de Lattuada, a evocação dos Reis Magos, que entram pela arena dentro saltando de trampolim e começam a dar estalos no Menino Jesus. Sem ferir susceptibilidades. De resto, todo o espectáculo é uma sequência de cenas, mais ou menos divertidas, mais ou menos arriscadas, protagonizadas por personagens bizarras, algumas facilmente reconhecíveis, outras nem por isso.

De início, ainda tentamos perceber quem é quem e o que faz ali, mas rapidamente ultrapassamos essa fase para nos deixar, pura e simplesmente, contagiar pela alegria deste trabalho feito para agradar a grandes e pequenos.

“A Tribo Iota”, ainda se vê esta noite, às 21h30, no Parque do Tejo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)