Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Artistas aderem à Plataforma pela Música

Formada ainda em 2004 e anunciada à Comunicação Social em Janeiro de 2005, a Plataforma pela Música tem vindo a desenvolver os mais diversos contactos. O objectivo é divulgar os seus pontos de vista e sensibilizar os vários Partidos com assento na Assembleia da República e que concorrem às próximas eleições para a gravidade da situação em Portugal da Música Gravada e a urgência de medidas que permitam uma rápida e decidida recuperação.
14 de Fevereiro de 2005 às 15:07
Atenta à situação económica do país, a Plataforma não reclama em nenhum dos pontos do seu programa qualquer investimento imediato do Estado. E está plenamente convencida de que, no caso de o IVA dos fonogramas ser equiparado na Europa Comunitária ao dos livros, o Estado Português não terá por isso qualquer quebra de receitas, pelo efeito imediato de tal medida na dinamização do mercado.
Resultado de intenso estudo e debate da parte das entidades que o subscrevem – SPA, GDA, Venham Mais Cinco, AFP e AFI – o texto-programa da Plataforma está a merecer acolhimento entusiástico no mundo da Música. À lista inicial, que reunia na íntegra as organizações representativas dos diversos titulares de direitos, junta-se agora uma quantidade impressionante de Artistas de primeiro plano – de todos os géneros, idades e convicções políticas, como se poderá comprovar pela lista anexa. Também começa agora a adesão de outras relevantes organizações.
Não é de mais sublinhar a importância deste consenso. Em primeiro lugar, poucos são os países onde se pode encontrar uma coligação tão ampla. Mas mais importante ainda é o facto de esta unidade fazer cair por terra a argumentação de certos responsáveis do poder político que justificaram o incumprimento da palavra dada e a não adopção de medidas legislativas para aumentar a passagem de Música Portuguesa na Rádio com a pretensa desunião entre os diversos titulares de direitos.
Para grande surpresa dos subscritores, nem todos os partidos parecem entender a importância desta convergência e do apoio que ela suscita. Enquanto que o P.S., P.C.P. e B.E. corresponderam à solicitação de audiências, onde se veio a revelar uma grande concordância em relação à maioria dos pontos apresentados, o P.S.D. e o P.P. nem se dignaram a responder às várias tentativas de contacto, encetadas há 6 semanas. Como entender este desinteresse?!
LISTA DE SUBSCRITORES EM 11 DE FEVEREIRO
Aldina, Ana Moura, Blasted Mechanism, Blind Zero, Boss AC, Camané, Carlos do Carmo, Carlos Tê, Clã, Cristina Branco, Da Weasel, Danae, David Fonseca, Dealema, Dulce Pontes, Emanuel, Filipa Pais, Gomo, Gutto, João Afonso, João Gil, João Monge, João Pedro Pais, João Portugal, Jorge Cruz, Jorge Palma, Jorge Romão e Rui Reininho (GNR), José Mário Branco, Lúcia Moniz, Luís Represas, Luísa Amaro, Mafalda Veiga, Manuel Faria, Manuel Paulo, Mão Morta, Maria João & Mário Laginha, Mário Fernandes, Mariza, Mesa, Miguel Guedes (em nome individual), Minde da Gap, Pedro Abrunhosa, Pedro Ayres Magalhães, Pedro Oliveira, Pedro Osório, Quinta do Bill, Rádio Macau, Rita Guerra, Rodrigo Leão, Rui Veloso, Sérgio Godinho, Sindicato dos Músicos, The Gift, Toranja, Tozé Brito, Vitorino, Wraygunn, João Cabeleira, Zé Pedro, Kalu e Tim (Xutos & Pontapés), X-Wife.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)